Leite de Arroz Integral

O leite de arroz é um leite vegetal super levinho, econômico e fácil de preparar! ♥ Este é feito com arroz integral, mas o preparo com o arroz branco é bem parecido (deixei como faço ali na parte de dicas).

Ingredientes

1 xícara (de chá) de arroz integral
4 xícaras (de chá) de água (pode ser da torneira, para cozinhar)
4 xícaras (de chá) de água filtrada

  • Preço médio: R$0,50

  • Rende cerca de 1 litro de leite de arroz

  • Tempo de preparo: cerca de 35 minutos

  • Não contém glúten

  • Vegan

Modo de preparo

Em uma panela em fogo médio, coloque 1 xícara de arroz integral e 4 xícaras de água. Deixe cozinhar até os grãos ficarem macios e cozidos, o que vai levar cerca de 25 minutos. Se você cozinhar por mais tempo, mais grosso seu leite vai ficar.
Desligue, coloque no liquidificador juntamente com mais 4 xícaras de água filtrada em temperatura ambiente e pulse por 5 ou 6 vezes. Se você bater, seu leite ficará mais encorpado.
Coe em uma peneira fina e está pronto!

“Leite” de arroz branco

Em uma panela, coloque 1 xícara de arroz agulhinha, 3 xícaras de água e deixe cozinhar em fogo médio até ficar cozido, o que vai levar cerca de 13 minutos. Desligue, coloque no liquidificador juntamente com mais 4 xícaras de água filtrada. Pulse 5,6 ou 7 vezes (conforme o seu gosto) para liberar o amido do arroz pra água. Está pronto!

Dicas para o preparo do “leite”

  • Se você não for consumir todo o leite preparado, guarde na geladeira em uma vasilha, de preferência de vidro e esterilizada, por até 3 dias. Para usar, depois dê uma mexidinha nele, e se sentir necessidade coloque mais água.
  • Algumas receitas da internet deixam o arroz de molho por 8 horas. Algumas para deixar o arroz mais macio, outras pra eliminar antinutrientes. Perguntei para a Ana Ceregatti, nutricionista, se é preciso deixar o arroz de molho e ela disse que dos cereais, apenas a cevadinha e o trigo em grão precisam do remolho. Então eu não deixo este arroz de molho, notei que o resultado é parecido, portanto optei pelo mais prático.
  • Quanto mais você cozinhar, mais grosso seu leite vai ficar. Eu prefiro um leite mais fino, senão fica muito difícil pra coar, também preferi a textura dele mais rala. Se quiser um leite com as características que falei, procure seguir o tempo indicado no modo de preparo.
  • Se você bater, ao invés de pulsar, também vai deixar seu leite grosso. Sua mistura pode virar tipo um creme de arroz e até pode ficar pesado pra bater. Se você ver que perdeu o ponto, recomendo por um pouquinho mais água depois.
  • Depois que cozinhou o arroz, não espere muito pra por no liquidificador e bater, senão o arroz vai absorver a água que sobrou do cozimento e vai ficar mais paposo.
  • Tem diversas receitas de leite de arroz na internet e encontrei algumas onde o arroz é cozido com o total de água pra formar o leite. Como bater coisas quentes no liquidificador pode fazer com que ele “exploda” vapor, eu faço desta forma: cozinho ele em uma parte da água e coloco no liquidificador com a outra parte de água pra bater, pra não ficar tão quente. Não notei diferenças significativas entre estas duas formas de preparo, no resultado do leite, então prefiro fazer da forma que foi ensinada aqui.

O que fazer com o “leite” de arroz

  • Este leite de arroz é meio transparente, inclusive tem gente que chama ele de água de arroz. Devido à esta transparência e por ele ser ralinho, muitas pessoas misturam o leite de arroz com outro mais encorpado, como o de amêndoas, amendoim e coco, para render um leite mais completo e em maior quantidade.
  • Eu particularmente prefiro tomar o leite de amêndoas, amendoim e coco, e usar outros, como o de aveia e o de arroz, para cozinhar. Mas o leite de arroz também pode ser tomado. Se quiser, você pode por essência de baunilha, açúcar, melado, tâmara e sal.
  • Como ele é neutro, pode ser usado tanto pra fazer receita doce quanto salgada. Eu testei este leite no bolo de fubá e no de banana e deu certo (:
  • Também fiz molho branco, como ensinei aqui na receita de lasanha, e servi com um macarrão com brócolis.
  • Como você pode ver no vídeo, ele ficou meio transparentinho, mas deixou o macarrão bem cremoso.

Resíduos

  • O resíduo deste “leite” de arroz é arroz cozido e você pode usar de diversas formas.
    Com o que sobrou eu geralmente faço arroz doce, coloco um pouquinho de leite de coco, canela, açúcar e deixo cozinhar um pouquinho, fica muito bom!
  • Também já fiz quibe assado. Eu ia fazer quibe de tofu, que ja ensinei aqui, e não tinha tofu suficiente. Então eu coloquei metade da quantidade destes resíduos de arroz e um pouquinho de farinha pra ajduar na liga e ficou mto bom!
  • Você também pode colocar em sopas. Pode fazer sopa cremosa, batendo tudo no liquidificador ou aquelas sopas de legumes com arroz.
  • Dá pra fazer a torta de liquidificador que ensinei aqui. Só recomendo que os resíduos não estejam muito molhados e sim bem escorridos.
  • Não testei outras receitas, então se você tiver sugestões, deixe aqui pra gente!
  • Guarde os resíduos na geladeira em um pote fechado por até 2 dias, depois disso começa a liberar um odor ruim
Vegetariana e amante de animais (sobretudo gatinhos). É designer de produtos, fotógrafa freelancer, e apaixonada por culinária desde pequena. Adora cozinhar, principalmente para os outros, testar ingredientes e receitas! Muitos dos pratos que conhece aprendeu pesquisando e principalmente testando.